Policiais e alunos de projeto da Rotam ganham medalhas em competição de Jiu-Jitsu

Dois policiais militares e quatro alunos do Projeto Social Jiu-Jitsu do Batalhão Rotam da Polícia Militar, conquistaram seis medalhas de ouro no Campeonato Abud Dhabi Internacional Pro realizado no dia 25 de agosto, no Ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá.

Os militares, soldado Alexandre Lima, de 29 anos, e soldado Adildo Antônio Arruda, de 36 anos, venceram os adversários no tatame. Além de ganhar a tão sonhada medalha de ouro de jiu-jitsu, os policiais garantiram a inscrição e a passagem para semifinal do campeonato no Estado do Rio de Janeiro. Quem vencer essa penúltima fase vai conquistar a passagem para competir no Mundial de Jiu-Jitsu em Abu Dhabi; capital dos Emirados Árabes.

Soldado Lima ganhou medalha de ouro na categoria até 94 kg, adulto, faixa preta. Assim como o soldado, Adildo Arruda que também conquistou medalha de ouro, mas na categoria até 85 kg, faixa roxa da modalidade esportiva. 

Além dos policiais militares, três crianças e um adolescente, atendidos pelo projeto, também surpreenderam os adversários na competição internacional, que contou com a participação de 600 atletas.

As crianças do Projeto Jiu-Jitsu Rotam Túlio Filho, 11, Sérgio Ichiro, 7, João Vitor, 12, e o adolescente Lucas Santana, de 15 anos, conquistaram medalhas de ouro em diferentes categorias e faixas. 

O coordenador do projeto da PM, cabo Victor Paz, conta que é gratificante ver os alunos atendidos pela ação social chegando ao pódio e ganhando medalhas.  

“Ser testemunha da evolução dessas crianças e adolescentes é gratificante. Esses alunos chegam aqui sem perspectiva nenhuma e em tão pouco tempo vão conquistando medalhas. O esporte é uma ferramenta transformadora, mais rápida e eficaz que existe, e o melhor, de baixo custo pelo tanto de benefícios que o atleta e a família recebem, todos ganham nessa formação” ressalta.

O comandante do Batalhão Rotam, tenente-coronel Cleverson Leite, explica que  a vitória  dos policiais e dos alunos da ação social é uma vitória do próprio batalhão que, além de prestar excelentes serviços à sociedade no condizente ao rádio patrulhamento tático, também tem demonstrado o alto nível dos policiais da corporação em competições de grande relevância. 

“O Batalhão Rotam é formado por policiais valorosos que respeitam a doutrina da unidade. A vitória deles no tatame é de todos nós. Essas medalhas representam o grande serviço prestado por esses homens e mulheres à sociedade. O exemplo da determinação, preparo e dedicação de nossa tropa. O destaque dos alunos do projeto na competição nos demostra que estamos no caminho certo, esses jovens são fundamentais na defesa da sociedade”, diz o coronel. 

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisa

Como está o meu site?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...